• 31.10.2018

    O evento “Alvaiázere, Capital do Chícharo” resulta da integração de outros dois de grande importância na história e promoção do Concelho: A FAFIPA (Feira Agrícola, Florestal, Industrial, Pecuária e de Artesanato), nascida em 1980, e o Festival Gastronómico do Chícharo, que teve origem em 2003.

  • 31.10.2018

    O chícharo venceu e convenceu. O evento “Alvaiázere, Capital do Chícharo” foi um êxito, tendo superado todas as expetativas.

  • 31.10.2018

    O descontentamento é geral. População e autarcas estão desagradados com o fecho da Estação de Correios de Alvaiázere. O serviço passa agora a ser prestado na Papelaria Alternativa, na vila, em formato de Posto de Correios.

Notícias

A Câmara Municipal de Alvaiázere (CMA) voltou a promover, dia 11 de setembro, uma sessão de esclarecimento com o intuito de dar a conhecer a reabilitação urbana que se pretende fazer na vila e os incentivos existentes para quem pretenda reabilitar um edifício.

Com o mote “Alvaiázere ConVida”, o Município “pretende dar mais vida à vila, ao mesmo tempo que se convida mais pessoas a virem, criando maior dinâmica quer ao nível dos residentes, quer ao nível dos visitantes”.

O passeio “Na Rota do Fogo” organizado pelo Município de Alvaiázere, com o apoio do Alvaiázere Motor Clube e do Grupo Motard 5 Vilas, realizou-se no passado dia 23 de setembro, e superou todas as expetativas.

A Loja de Apoio Social de Alvaiázere - LASA – reabriu dia 6 de agosto e, inicialmente, vai manter-se aberta dois dias por semana, às quartas e sábados de manhã.

Cerca de 200 escuteiros do Agrupamento 57 de Benfica, pertencentes ao Corpo Nacional de Escutas-Escutismo Católico, passaram a semana de 28 de julho a 3 de agosto acampados no Parque de Campismo de Alvaiázere.

O agrupamento divide-se em 4 seções etárias: Lobitos (6-10 anos), Exploradores (10-14 anos), Pioneiros (14-18 anos) e os Caminheiros (18-22 anos). A partir dos 22 anos iniciam o processo de formação para Dirigentes.

A Zona Industrial de Tróia vai ser expandida e a Câmara Municipal de Alvaiázere (CMA) já anda em negociações com os donos dos terrenos para os comprar - já há, inclusive escrituras de alguns. Todos estão dispostos a vender exceto um: Luís Simões.

O seu nome é “Bruta”, é natural de Alvaiázere, mas tem como objetivo levar o nome das terras de Sicó aos quatro cantos do mundo.

Alicerçada numa amizade com 30 anos, dois amigos de Alvaiázere - Fernando Balas e Bruno Furtado de Sousa - decidiram produzir “algo que dignificasse e prestigiasse o Concelho”, contou Fernando.

O novo filme do maestro António Vitorino de Almeida, “A Teia”, vai ter algumas cenas gravadas em Alvaiázere.