ADECA assume gestão da Bolsa de Terras em Alvaiázere

A ADECA - Associação de Desenvolvimento Integrado do Concelho de Alvaiázere é desde janeiro deste ano uma Gestora Operacional da Bolsa de Terras - GeOP. A associação, através do Gabinete de Apoio ao Mundo Rural, submeteu uma candidatura em março de 2019 e a mesma veio agora aprovada.

A bolsa de terras tem como objetivo facilitar o acesso à terra através da disponibilização de terras, designadamente quando estas não sejam utilizadas. As terras disponibilizadas com aptidão agrícola, florestal e silvopastoril, poderão servir para arrendamento, venda ou para outro tipo de cedência e podem ser do domínio privado do Estado, das autarquias locais e de quaisquer outras entidades públicas ou privadas.

A bolsa de terras dispõe do Sistema de Informação da Bolsa de Terras (SiBT), que centraliza e divulga informação sobre os prédios e terrenos baldios disponibilizados na bolsa de terras, nomeadamente área, aptidão agrícola, florestal ou silvopastoril, principais características do solo, eventuais restrições à sua utilização, tipo de cedência pretendida e respetivo valor.

Este modelo de gestão da Bolsa de Terras prevê a articulação entre a Direção-Geral de Agricultura e Desenvolvimento Rural (DGADR), como entidade gestora da Bolsa de Terras, e as GeOP, como entidades autorizadas para a prática de atos de gestão operacional.

A ADECA, em nota de imprensa, refere acreditar que “esta nova valência, em Alvaiázere, irá potenciar o aproveitamento do território rural do concelho”, incentivando a prática de atividades agrícolas, florestais e outras.