Notícias Breves

Alvaiázere é um dos Concelhos que vai beneficiar do alargamento da área geográfica de intervenção do Serviço de Metrologia do Município de Pombal, juntamente com os Concelhos de Ansião e Penela.

Já estão abertas desde o passado dia 12 de fevereiro e até ao dia 27 de abril as candidaturas ao Concurso SI2E, o novo concurso do Programa Centro 2020, para o qual Alvaiázere é um dos Concelhos elegíveis.

Este concurso vai apoiar uma estratégia de dinamização destes territórios, através da promoção de investimentos que possam gerar postos de trabalho e novas empresas, fortalecendo assim a economia local.

Neste mês de janeiro a Associação de Desenvolvimento Terras de Sicó anunciou publicamente a criação da Rede das Aldeias do Calcário como forma de promoção do turismo na região e de valorização deste produto endógeno.

Na primeira fase do projeto, foram seis os Municípios eleitos para integrar a Rede, sendo escolhida uma aldeia de cada um deles: Ariques (Alvaiázere), Granja (Ansião), Casmilo (Condeixa-a-Nova), Chanca (Penela), Poios (Pombal) e Cotas (Soure).

A Agência para o Desenvolvimento dos Castelos e Muralhas do Mondego, em conjunto com seis Municípios, Alvaiázere, Ansião, Coimbra, Condeixa- a-Nova, Ourém e Penela, estão a analisar a possibilidade de assinatura de um protocolo para a criação da Rota das Carmelitas.

A criação desta Rota insere-se num programa de valorização dos Caminhos de Fátima, promovido pela Associação Caminhos de Fátima, que apresentou a sua candidatura ao programa Centro 2020 e será financiada em 85% pelo FEDER.

O Município de Alvaiázere vai promover, no próximo dia 2 de fevereiro, pelas 18h00, na Biblioteca Municipal, uma sessão pública de esclarecimento destinada a todos os munícipes, em particular aos proprietários de prédios na zona delimitada como Área de Reabilitação Urbana - ARU da Vila de Alvaiázere.

Reunida em sessão ordinária no dia 6 de dezembro, a Câmara Municipal de Alvaiázere aprovou por maioria o Orçamento e as Grandes Opções do Plano do Município para o ano de 2018, com os votos favoráveis dos eleitos pelo Partido Social Democrata (PSD) e dois votos contra da oposição (PS).

Assim, o valor do Orçamento para 2018 é de 10.658.335,00€, representando um aumento global do seu valor em mais de 7%, face ao orçamento de 2017.

No dia 26 de dezembro, uma publicação feita por um utilizador da rede social facebook alertou para o facto de a antiga Escola Primária de Cabaços ter sido alvo de atos de vandalismo.

Com efeito, o Jornal “O Alvaiazerense” esteve no local com a presidente da Junta de Freguesia de Pussos S. Pedro, Clara Pacheco, e verificou que, para além de estar aberta, numa das janelas das traseiras existiam vidros partidos. Para além disso, a porta estava aberta, ainda que com o fecho trancado, o que indicia que a fechadura terá sido forçada.

Em reunião ordinária realizada no passado dia 3 de novembro, a Câmara Municipal de Alvaiázere deliberou por maioria (com três votos a favor e dois votos contra) fixar a taxa do Imposto Municipal Sobre Imóveis (IMI) dos prédios urbanos em 0,35%.

O Partido Socialista apresentou a contraproposta de reduzir esta taxa para os 0,30%, uma vez que a diferença seria residual e que seria preferível fixar a taxa no seu valor mínimo, concordando com as majorações e minorações aprovadas e também com as medidas de apoio.

No passado dia 10 de novembro foram revelados os dados do estudo “Poder de Compra Concelhio” efetuado pelo Instituto Nacional de Estatística (INE) com base em dados de 2015. Segundo pode ler-se no site do INE, este estudo “caracteriza os municípios portugueses sob o ponto de vista do poder de compra, a partir de um conjunto de indicadores resultantes de um modelo de análise fatorial”.

Na última edição do Jornal “O Alvaiazerense” foi publicada a notícia de que o concelho de Alvaiázere seria um dos 17 Concelhos nos quais seria proibido caçar a partir do dia 30 de setembro, em virtude de ter sido fustigado pelos incêndios florestais.