Município lançou novo mapa turístico e vídeo promocional "Alvaiázere Bem me Quer"

As Comemorações do Dia do Concelho ficaram este ano marcadas pela apresentação de duas novidades no setor do Turismo: um novo mapa turístico com base na tecnologia de realidade aumentada, que estará disponível na aplicação móvel do Município de Alvaiázere, e um vídeo promocional intitulado “Alvaiázere Bem me Quer”.

A cerimónia realizou-se no dia 13 de junho, no auditório da Casa Municipal da Cultura, tendo contado com a presença da presidente da Câmara Municipal, Célia Marques, da vice-presidente, Sílvia Lopes, dos vereadores Agostinho Gomes e Teodora Cardo, do presidente da assembleia municipal, Álvaro Pinto Simões e do presidente do Turismo do Centro de Portugal, Pedro Machado.

Álvaro Pinto Simões fez um balanço positivo do Alvaiázere Capital do Chícharo, “que é uma mostra inequívoca das potencialidades e do empreendedorismo do Concelho”, sublinhando também a importância de trazer para Alvaiázere empresas que criem riqueza e postos de trabalho.

Seguiu-se a entrega de prémios relativos ao Concurso de Expositores 2017, promovido pela ADECA - Associação de Desenvolvimento Integrado do Concelho de Alvaiázere, que foram entregues pelo presidente, Bruno Furtado de Sousa, à Gráfica Simões, na categoria empresarial, e a Catarina Rodrigues, na categoria dos produtos endógenos. Este ano, o júri decidiu por unanimidade não atribuir o prémio dos stands de artesanato, por considerar que não foram cumpridos os requisitos mínimos para o concurso.

Para além do concurso dos stands, durante os cinco dias do certame esteve também a decorrer o concurso da melhor tasquinha, cujo júri foi composto por Paulo Reis Silva, Jorge Grácio, Sandra Simões e o Padre André Sequeira, e que premiou o Rancho Folclórico de Pussos (terceiro lugar), a Casa do Povo de Maçãs de D. Maria (segundo lugar) e, em primeiro lugar, a ASCRA – Associação Social Cultural e Recreativa de Almoster.

Luís Martins, da empresa IT People Innovation, responsável pela criação do mapa turístico interativo, explicou que a tecnologia de realidade aumentada permite “criar novas experiências para os utilizadores, envolver os agentes económicos, trazer turistas e fixar pessoas, através da integração de elementos virtuais na realidade, que permitem também modificar a relação das pessoas com o espaço e com o património que as rodeia”.

Pedro Machado referiu que os Municípios têm um papel estruturante na atividade turística e que o seu sucesso passa fundamentalmente “pela adoção de políticas públicas concertadas de requalificação do património”. O presidente do Turismo do Centro de Portugal destacou a estratégia do Município de Alvaiázere que assenta no desenvolvimento do chícharo, “um produto diferenciador que não é repetível noutros pontos do país” e também o acompanhamento das novas tendências, com o lançamento do mapa turístico e do vídeo promocional, lembrando que, apesar de tudo, “as novas tecnologias devem estar ao nosso serviço e não o contrário”, concluiu.

Célia Marques frisou a importância do novo mapa turístico do Concelho, “que vai permitir uma visita mais informada, mais contextualizada e mais interativa”, sublinhando ainda: “este mapa será um veículo de captação de turistas e de dinamização do potencial do território, e este é o caminho que queremos seguir”.

Ainda no âmbito da promoção do território, a presidente da Câmara Municipal revelou que Alvaiázere irá integrar uma investigação para desmistificar o processo de produção do chícharo, que o Município vai participar num programa de aceleração no setor do turismo, o Tourism Up, promovendo ma oficina de empreendedorismo já no próximo dia 12 de julho e ainda que em breve será anunciada a aprovação da candidatura a fundos comunitários do projeto de requalificação e alargamento da Zona Industrial de Tróia, à semelhança do que já tinha sido referido por Ana Abrunhosa, presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro, na sessão de inauguração do Alvaiázere Capital do Chícharo.

No final, Célia Marques afirmou: “o Município está a lançar as sementes para o futuro, saibamos adubá-las para que delas possam brotar frutos. Alvaiázere precisa de nós, saibamos fazer acontecer!”.

Nesta cerimónia, o cavaleiro João Castelão foi distinguido com a Medalha do Concelho, como forma de reconhecimento pelo seu percurso na equitação, concretamente na disciplina de dressage, na qual se sagrou campeão nacional e campeão ibérico, e Maria Manuel Marques Joaquim recebeu a Medalha Municipal de Serviço Público pelos seus 25 anos ao serviço da Câmara Municipal de Alvaiázere.

Cláudia Martins