Bombeiros Voluntários de Alvaiázere

Tiveram início no mês de janeiro as obras de requalificação do quartel dos Bombeiros Voluntários de Alvaiázere (BVA), no âmbito da candidatura ao POSEUR - Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos, no âmbito do Programa Portugal 2020

O tradicional Cortejo de Oferendas da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Alvaiázere realizou-se no passado dia 28 de maio.

No passado dia 10 de abril, um incêndio andou perto de habitações no lugar da Ribeira Velha, freguesia de Maçãs de D. Maria. Este fogo começou na Moita Redonda, Pousaflores, concelho de Ansião, pouco depois das 15h00, numa zona de eucaliptal, tendo tido duas frentes ativas.

A Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Alvaiázere (AHBVA) comemorou o seu 77º aniversário no passado dia 12 de março.

No passado dia 5 de maio, Mário Bruno Gomes assinou o termo de posse como Comandante da corporação dos Bombeiros Voluntários de Alvaiázere.

António Gonçalves, com 20 anos de serviço, foi designado para ocupar o lugar de segundo comandante e João Caria, com 10 anos de serviço, o de adjunto de comando, estando ambos neste momento a frequentar uma ação de formação que lhes permita assumir os cargos para os quais foram nomeados.

No passado dia 13 de março, a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Alvaiázere (AHBVA) comemorou o seu 76º aniversário.

No dia 28 de julho, a corporação de Bombeiros Voluntários de Alvaiázere (BVA) recebeu, numa cerimónia formal que teve lugar em Lisboa, uma ambulância do INEM, fruto de um protocolo estabelecido entre as duas entidades.

Desta forma, os BVA passam a ser um Posto de Emergência Médica (PEM) do INEM, o que, na opinião do seu comandante, Vítor Joaquim, significa "mais uma viatura ao serviço da corporação, o que acaba por ser uma mais-valia por permitir uma melhoria do socorro prestado à população".

O dia 8 de março foi um dia marcante para a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Alvaiázere (AHBVA), que comemorou o seu 75º aniversário ao serviço da comunidade. As comemorações iniciaram-se logo pela manhã, aquando do toque da sirene para a formatura e constituição da Guarda de Honra para o hastear da bandeira, ao qual se seguiu um desfile apeado e motorizado que percorreu as ruas da vila. Cumprindo a tradição, o padre Celestino Brás celebrou uma Missa em homenagem a todos os bombeiros e diretores já falecidos, seguindo depois em romaria até ao cemitério.