Concurso de Empreendedorismo nas Escolas da CIMRL

Alunos da ETP Sicó representaram Alvaiázere na Final Intermunicipal

No âmbito da terceira edição do Concurso de Empreendedorismo nas Escolas promovido em parceria com os dez Municípios que integram a CIMRL – Comunidade Intermunicipal da Região de Leiria, no passado dia 2 de março a Casa Municipal da Cultura de Alvaiázere foi o palco da final municipal deste concurso.

Os professores responsáveis pela implementação deste projeto frequentaram ações de formação, desenvolvendo competências que permitiram acompanhar e orientar os alunos da ETP Sicó e do Agrupamento de Escolas de Alvaiázere na construção da sua ideia de negócio e na preparação da sua apresentação. Nesta final, as oito ideias de negócio a concurso (cinco de alunos da ETP Sicó e três de alunos do Agrupamento) foram avaliadas por um júri composto pelo vereador da Câmara Municipal, Francisco Agostinho Maria Gomes, por um representante da Associação de Desenvolvimento do Concelho de Alvaiázere, Bruno Guilherme Parreirão Furtado Simões e Sousa e por um empreendedor do concelho de Alvaiázere, Carlos Magno Marcolino Gomes Pinto. Nas suas intervenções, Célia Marques e Sílvia Lopes, presidente e vice-presidente do Município, respetivamente, reiteraram a importância dos projetos apresentados, bem como a promoção da formação para o empreendedorismo e da vontade dos jovens no sentido de querer fazer mais pela região onde moram.

Da análise feita pelo júri, a ideia de negócio vencedora foi a Bola de Berlim Salgada, da autoria dos alunos Daniela Gomes, Liliana Ferreira e Tiago Neves, que frequentam o terceiro ano do Curso Profissional de Técnico de Restauração no polo de Alvaiázere da ETP Sicó, orientados pelos professores Sónia Gonçalves, Fernanda Mendes e Margarida Marques. Em segundo lugar ficou o projeto Altos e Baixos, de responsabilidade de alunas do décimo ano do Agrupamento de Escolas e, por fim, em terceiro lugar, a ideia Wine&Dishes, também de alunos de Restauração da ETP Sicó.

Ao projeto vencedor coube a responsabilidade de representar o Município de Alvaiázere na Final Intermunicipal, que teve lugar no dia 17 de março na Casa da Cultura – Teatro Stephens, na Marinha Grande.

O júri da final foi composto por cinco elementos, a saber: Alexandra Neves, representante do programa “Portugal Inovação Social”; António Sequeira, representante da Fundação Caixa Agrícola de Leiria; Margarida Pinto Correia, diretora de inovação social, da Fundação EDP; Rui Pedrosa, vice-presidente do Instituto Politécnico de Leiria e Nuno Gaspar, diretor executivo na região centro da ANJE – Associação Nacional de Jovens Empresários.

O vencedor, premiado com uma “Missão de Empreendedorismo a Madrid”, foi o projeto “Smart Motard Jacket”, da autoria de alunos da ETAP – Escola Tecnológica e Artística de Pombal, que consiste num casaco motard para uso rodoviário que, em conjunto com a moto, sinaliza as manobras efetuadas pelo condutor.

Em segundo lugar classificou-se o projeto “Bolo de Pinhão”, de Leiria: uma ideia concretizada com a venda direta no local do produto confecionado, apresentada por alunos da Escola Secundária Francisco Rodrigues Lobo, que vão poder disfrutar de uma “Missão de Empreendedorismo aos Açores”.

O terceiro lugar foi ocupado pelo projeto “Vidrex”, uma solução para limpeza dos vidros exteriores, que se coloca no estore e permite ao utilizador uma ação muito mais reduzida, ideia apresentada por alunas do Instituto Educativo do Juncal, de Porto de Mós, que vão ter oportunidade de efetuar uma “Missão de Empreendedorismo a S. João da Madeira/Oliveira de Azeméis”.

Destaque ainda para a menção honrosa atribuída à ideia de “Descascador de Castanhas”, com o protótipo elaborado informaticamente por alunos do Agrupamento de Escolas de Castanheira de Pera e ao prémio atribuído aos alunos da ETPSZ, de Pedrógão Grande, cuja ideia de negócio era uma “Bengala Inteligente”, prémio atribuído não no âmbito do concurso, mas sim por se enquadrar na filosofia dos projetos de ação social da Fundação Caixa Agrícola de Leiria. Também a Fundação EDP decidiu premiar com um “Boot Camp” um professor(a) de entre todos aqueles que pretendam lançar um projeto de empreendedorismo com impacto social, na plataforma digital da Fundação.

Esta grande final do Concurso de Ideias de Empreendedorismo da CIMRL, na qual foram expostas as dez ideias vencedoras saídas dos concursos municipais e o projeto “Escolas Solidárias”, da Fundação EDP, contou com a presença de cerca de 230 pessoas e foi apresentada por Alexandre Almeida, da GesEntrepreneur.

O programa de Empreendedorismo nas Escolas da CIMRL foi criado com o objetivo de desenvolver uma estratégia integrada para a promoção do espírito empreendedor dos mais jovens na Região de Leiria e foi objeto de candidatura ao Programa Operacional Regional Centro 2020, estando ainda a aguardar aprovação.

Cláudia Martins