Feira de Produtos da Terra

No dia 17 de dezembro, já em época natalícia, o Município de Alvaiázere dinamizou mais uma edição da Feira de Produtos da Terra, com o objetivo de incentivar e potenciar o desenvolvimento da atividade agrícola, do artesanato e do comércio local.

Teve lugar no dia 9 de abril a XII edição da Feira de Produtos da Terra, que se realizou junto à sede da Junta de Freguesia de Maçãs de D. Maria, mais concretamente na tenda gigante instalada no recinto da feira e tendo contado com a presença de cerca de 55 produtores e artesões da região.

O Município de Alvaiázere organizou, no passado dia 29 de março, a 7ª edição da Feira de Produtos da Terra, que decorreu numa tenda instalada no Parque Multiusos.

A Câmara Municipal de Alvaiázere promoveu, no passado dia 9 de novembro, a sexta edição da Feira de Produtos da Terra, com o objetivo de incentivar e potenciar o desenvolvimento da atividade agrícola, do artesanato e do comércio local. Cerca de 45 produtores e artesãos do concelho de Alvaiázere e da região de Sicó concentraram-se numa tenda localizada no Parque Multiusos de Alvaiázere para promoverem o melhor do artesanato e dos produtos endógenos da região. Esta edição destacou-se pelo aumento de visitantes e de oportunidades de negócio.

As bancas do Mercado Municipal de Alvaiázere voltaram a encher-se de artesanato e dos produtos endógenos da região para mais uma edição da Feira de Produtos da Terra, que se realizou no passado dia 22 de dezembro. Cerca de meia centena de artesãos e produtores locais voltaram a promover o que de melhor se produz no concelho. Num dia marcado com muito frio e chuva, os comerciantes queixaram-se da fraca afluência mas continuam a considerar "uma boa iniciativa", pelo que garantem participar nas próximas edições.

O Mercado Municipal de Alvaiázere voltou a encher-se dos produtos endógenos e do artesanato local para a realização da II Feira de Produtos da Terra, que decorreu a 20 de abril. Cerca de quatro dezenas de artesãos e produtores locais aproveitaram a oportunidade para promover os seus produtos. Apesar da feira não ter registado muita afluência, os comerciantes reconhecem que "a iniciativa é boa mas devia ser ao domingo porque as pessoas estão mais disponíveis".