Associação Terras de Sicó dispõe de um milhão de euros para novas candidaturas

A Associação de Desenvolvimento Terras de Sicó anunciou que cumpriu os critérios de atribuição da reserva de eficiência na sua gestão do Programa de Desenvolvimento Rural (PDR) 2020 – Abordagem LEADER, alcançando o reforço do montante financeiro para o território de intervenção.

Neste contexto e dando sequência à implementação da sua Estratégia de Desenvolvimento Local, a associação de desenvolvimento abriu um novo período de receção de candidaturas para quatro novos avisos, com as tipologias de investimento: Pequenos Investimentos nas Explorações Agrícolas; Pequenos Investimentos na Transformação e Comercialização de Produtos Agrícolas; Diversificação de Atividades na Exploração Agrícola; e Renovação de Aldeias.

Na tipologia Pequenos Investimentos nas Explorações Agrícolas, as candidaturas devem prosseguir os objetivos de promover a melhoria das condições de vida, de trabalho e de produção dos agricultores e contribuir para o processo de modernização e de capacitação das empresas do sector agrícola. “A tipologia de intervenção a apoiar respeita a investimentos nas explorações agrícolas cujo custo total elegível, apurado em sede de análise, seja superior ou igual a 1.000 euros e inferior ou igual a 40.000 euros”, refere a associação, adiantando que a dotação orçamental total é de 127.689,19 euros e a área geográfica elegível (para todas as tipologias) corresponde ao território de intervenção do GAL TERRAS DE SICÓ 2020: todas as freguesias dos concelhos de Alvaiázere, Ansião, Condeixa, Penela, Pombal e Soure.

Já na tipologia Pequenos Investimentos na Transformação e Comercialização de Produtos Agrícolas, as candidaturas devem contribuir para o processo de modernização e capacitação das empresas de transformação e comercialização de produtos agrícolas. A tipologia de intervenção a apoiar respeita a investimentos na transformação e comercialização de produtos agrícolas cujo custo total elegível seja igual ou superior a 10.000 euros e inferior ou igual a 200.000 euros. A dotação orçamental total é de 226.032,44 euros. Por sua vez, nas candidaturas à Diversificação de Atividades na Exploração Agrícola devem prosseguir os objetivos de estimular o desenvolvimento, nas explorações agrícolas, de atividades que não sejam de produção, transformação ou comercialização de produtos agrícolas, criando novas fontes de rendimento e de emprego, bem como contribuir diretamente para a manutenção ou melhoria do rendimento do agregado familiar, a fixação da população, a ocupação do território e o reforço da economia rural. A tipologia de intervenção a apoiar respeita a investimentos em atividades económicas não agrícolas nas explorações agrícolas cujo custo total elegível, apurado em sede de análise, seja igual ou superior a 10.000 euros e inferior ou igual a 200.000 euros.

As candidaturas à tipologia Renovação de Aldeias devem prosseguir o objetivo de preservar, conservar e valorizar os elementos patrimoniais locais, paisagísticos e ambientais. A tipologia de intervenção a apoiar respeita a investimentos em recuperação e beneficiação do património local, paisagístico e ambiental de interesse coletivo e seu apetrechamento, sinalética de itinerários paisagísticos, ambientais e agro-turísticos e elaboração e divulgação de material documental relativo ao património alvo de intervenção, incluindo ações de sensibilização, produção e edição de publicações ou registos videográficos, fonográficos com conteúdos relativos ao património imaterial e outros investimentos relativos ao património imaterial, nomeadamente aquisição de trajes, estudos de inventariação, património rural, bem como do “saber-fazer” antigo dos artesãos, das artes tradicionais, da literatura oral e de levantamento de expressões culturais tradicionais, imateriais, individuais e coletivas, cujo custo total elegível seja igual ou superior a 5.000 euros e inferior ou igual a 200.000 euros. A dotação orçamental total é de 550.447,79 euros.

Segundo a Terras de Sicó, “a avaliação intermédia e os resultados alcançados demonstram a boa gestão da Associação na aplicação dos fundos do PDR que lhe foram atribuídos, mas também revela um envolvimento forte com os parceiros, instituições públicas e dinâmicas privadas, tendo permitido alinhar a estratégia com as metas traçadas e garantir o rigor nos procedimentos de avaliação”.

As inscrições estão abertas até dia 14 de outubro e se pretender mais informações sobre os processos de candidatura pode consultar o site da associação na internet www.terrasdesico.pt

Associação Terras de Sicó