“Cantar dos Reis 2018” mobilizou mais de duas centenas de pessoas

Com o intuito de perpetuar a memória coletiva das tradições e da cultura Alvaiazerense, o Município de Alvaiázere promoveu mais uma edição da iniciativa “Cantar dos Reis”, na noite de 5 para 6 de janeiro (noite de Reis), tendo início pelas 19h00, em frente aos Paços do Concelho.

A chuva que se fez sentir não intimidou os treze grupos participantes (num total de cerca de 250 pessoas), que deram corpo a diversas mensagens de adoração ao menino e de homenagem à generosidade do povo. As vozes entoaram também votos de um novo ano repleto de sucesso e realização, destinados a toda a população alvaiazerense e, particularmente, àqueles que fizeram questão de sair à rua para assistir e se juntaram em torno da tradicional fogueira.

Os grupos foram recebidos pela presidente da Câmara Municipal de Alvaiázere, Célia Marques, e pelo executivo que a acompanha, e foram presenteados com um simbólico prémio de participação, como forma de incentivar a manter viva esta tradição.

Para além disso, os grupos participantes foram avaliados por um júri constituído por António Cardo, Adelaide Furtado e Rui Oliveira, que atribuíram prémios especiais aos que se distinguiram dos demais pela sua criatividade, execução musical, cumprimento da tradição (ao nível do traje e música) e apresentação/enquadramento. Desta forma, na categoria Misto o primeiro lugar foi atribuído à Alva Canto – Associação de Cultura; o segundo lugar à Associação Casa do Povo de Maçãs de Maria e o terceiro lugar à Tuna e Cantares da Misericórdia de Alvaiázere. No que diz respeito à categoria Infanto-juvenil foram atribuídos os seguintes prémios: primeiro lugar – Amizade; segundo lugar – Pastores; terceiro lugar – Escola de Música da Sociedade Filarmónica Alvaiazerense de Santa Cecília.

Após a atuação, os grupos continuaram a fazer-se ouvir pelas ruas do concelho, de porta em porta, cumprindo- se, mais uma vez, esta tradição cultural que o Município de Alvaiázere procura incentivar e promover.