Passeio “Na Rota do Fogo” superou todas as expetativas

O passeio “Na Rota do Fogo” organizado pelo Município de Alvaiázere, com o apoio do Alvaiázere Motor Clube e do Grupo Motard 5 Vilas, realizou-se no passado dia 23 de setembro, e superou todas as expetativas.

Foram cerca de 210 os motards que participaram no evento que teve um percurso entre 70 a 75 km, passando por alguns dos locais fustigados pelos grandes incêndios do ano passado, nos concelhos de Figueiró dos Vinhos e de Castanheira de Pera. A concentração aconteceu às 8h30 nos Paços do Município de Alvaiázere e, desde cedo se percebeu – pela enorme afluência de pessoas – que o evento iria ser muito maior do que se imaginou.

Feitas as inscrições - o custo foi singelo, de apenas cinco euros e dava direito ao pequeno almoço, almoço e uma t-shirt alusiva ao evento -, motos e motorizadas seguiram até à nacional 236-1 onde se fez uma pequena homenagem de um minuto de silêncio e onde foi deixada uma palma de flores em memória das vítimas dos incêndios de junho de 2017 naquelas zonas. Em entrevista ao jornal “O Alvaiazerense” em agosto passado, Octávio Lopes – do Grupo Motard 5 Vilas – disse, em relação à homenagem, que ia ser “muito singela, mas adequada a que, um dia, as pessoas de lá possam dizer ‘tivemos pessoas de outros Concelhos, não atingidos pelos incêndios, que tiveram esta solidariedade para connosco e vieram cá manifestá-la’, afinal temos muitos amigos naqueles Concelhos”.

Seguiram então para a Praia das Rocas, em Castanheira de Pera, onde todos puderam tomar o pequeno almoço, saciando a sede e o apetite. O resto do percurso passou pela Foz de Alge, em Figueiró dos Vinhos, permitindo aliviar as altas temperaturas que marcaram a manhã de domingo e terminou no exterior do Museu Municipal de Alvaiázere, onde aconteceu a recriação do almoço da matança do porco. O almoço foi uma sopa de chícharo - tipicamente alvaiazerense - e as tradicionais couves com cominhos, acompanhadas das carnes da ocasião, regadas pelo vinho da região, que em muito agradaram a todos os participantes do passeio de motas. Os participantes salientam o ótimo convívio que se fez sentir ao longo de todo o passeio e a excelente organização de tudo, que fez com que tudo resultasse como tinha sido previsto.

O dia terminou com uma visita ao Museu e com as restantes atividades da programação das Jornadas do Património, nomeadamente a atuação dos Ranchos da Caranguejeira, Alvorge e Pussos.

Ana Catarina de Oliveira