PROPRIEDADE: CASA DO CONCELHO DE ALVAIÁZERE
DIRECTOR-ADJUNTO: CARLOS FREIRE RIBEIRO
DIRECTOR: MARIA TEODORA FREIRE GONÇALVES CARDO
DIRECTOR-ADJUNTO: CARLOS FREIRE RIBEIRO

José Baptista

31 de Março de 2021

Na XXX Conferência Geral da UNESCO, realizada em 16 de novembro de 1999, foi criado o Dia Mundial da Poesia que se celebra a 21 de março, com o propósito de promover a leitura, escrita, publicação e ensino da poesia através do mundo.

Sendo verdade que Portugal é um país de poetas, Alvaiázere não foge à regra, pois, felizmente, florescem poetas como orquídeas silvestres pela serra.

28 de Fevereiro de 2021

Fevereiro é um mês especial. É o único a ter menos de 30 dias.

Antigamente, Februário, assim designado pelos romanos, era o último mês do ano e tinha, inicialmente, 29 ou 30 dias.

Como julho, mês batizado em homenagem a Júlio César, tinha 31 dias, o imperador César Augusto exigiu que o “seu” mês também tivesse semelhante número de dias. Assim, mandou retirar um dia a fevereiro.

31 de Janeiro de 2021

O nome janeiro, provém do latim lanuarius que tem, por sua vez, origem em Janus, um deus da mitologia romana que era representado com duas faces, uma olhando para trás, o passado, e outra olhando para a frente, o futuro.

Janeiro é um mês de pausa e reflexão mas também mês das transições, altura do ano em que devemos decidir o que fazer de novo, tal como a natureza que se prepara para renascer.

No período pandémico que atravessamos, o mundo parece mais escuro, mais frio onde nada floresce, excetuando o vírus que nos flagela continuadamente.

25 de Janeiro de 2021

O ano de dois mil e vinte findou sem deixar saudades. Foi um ano de incerteza sem precedentes, em que tudo o que era certo e adquirido, como a vida social, a profissional, a saúde, deixou de o ser.

Com a chegada de um novo ano, temos a esperança de melhores dias. As vacinas, dizem-nos, vão-nos permitir ver a luz ao fundo do túnel. Não obstante, a probabilidade de termos de aceitar a presença do vírus e aprender a viver com ele é elevada, tal como vivemos com a gripe sazonal.

30 de Novembro de 2020

A época natalícia que se aproxima é um estranho mar de incertezas. Talvez sirva de afago reler o poema “Quando um homem quiser” de Ary dos Santos.

“Tu que dormes à noite na calçada do relento
numa cama de chuva com lençóis feitos de vento
tu que tens o Natal da solidão, do sofrimento
és meu irmão, amigo, és meu irmão.

E tu que dormes só o pesadelo do ciúme
numa cama de raiva com lençóis feitos de lume
e sofres o Natal da solidão sem um queixume
és meu irmão, amigo, és meu irmão.

31 de Outubro de 2020

A 1 e 2 de novembro, Dia de Todos os Santos e Dia dos Fiéis Defuntos, os cristãos prestam homenagem aos mortos e rumam aos cemitérios.

Sendo estes criados como cidades para os mortos, este ano, em algumas localidades, devido ao Covid 19, não se puderam transformar em cidades dos vivos.

É evidente que não é só nestes dias que se recordam os que partiram, da mesma forma que não é só para os lembrar que se visitam os cemitérios.

30 de Setembro de 2020

O dia 5 de outubro foi proclamado pela UNESCO, em 1994, como Dia Mundial dos Professores com o objetivo de chamar a atenção para o seu papel fundamental na sociedade.

Em Portugal, durante muitos anos, este dia passou “despercebido” porque coincidia com o feriado do 5 de Outubro, dia da Implantação da República. Torna-se imperioso reverter esta situação pois reconhecer o trabalho dos professores e valorizar o seu papel social é, para além de justo, condição essencial para a valorização da escola e da educação.

31 de Agosto de 2020

Assinalam-se este ano os 200 anos da revolução liberal de 1820. No dia 24 de agosto deste ano, as tropas estabelecidas na cidade do Porto, juntaram-se para demonstrar a sua oposição à regência, controlada por oficiais ingleses, que governava em nome de D. João VI que, na véspera das invasões francesas, se refugiara no Brasil.

Este movimento que contou com a adesão popular e de outros setores sociais, pretendeu pôr fim ao regime absolutista vigente e representou a primeira tentativa de implantação de um regime constitucional, tal como já acontecia em alguns países europeus.

31 de Julho de 2020

Estranha forma de viver

Foi por vontade de Deus
Que eu vivo nesta ansiedade.
Que todos os ais são meus,
Que é toda a minha saudade.
Foi por vontade de Deus.

Que estranha forma de vida
Tem este meu coração:
Vive de forma perdida;
Quem lhe daria o condão?
Que estranha forma de vida.

Coração independente,
Coração que não comando:
Vive perdido entre a gente,
Teimosamente sangrando,
Coração independente.

30 de Junho de 2020

O verão chegou. Acabaram as aulas, normalmente, os emigrantes regressam para visitar a família e, os que podem, vão de férias. Até aqui, tudo era esperável, não fosse um bichinho baralhar o que parecia imutável.