PROPRIEDADE: CASA DO CONCELHO DE ALVAIÁZERE
DIRECTOR-ADJUNTO: CARLOS FREIRE RIBEIRO
DIRECTOR: MARIA TEODORA FREIRE GONÇALVES CARDO
DIRECTOR-ADJUNTO: CARLOS FREIRE RIBEIRO

Votar é seguro - 30 de Janeiro

Uma Justa Homenagem

30 de Novembro de 2018

No passado dia 18 a direção do Grupo Desportivo de Alvaiázere (GDA) aceitou o repto lançado por Fernando Simões (ex vice presidente e presidente) e realizou um dia dedicado ao passado, assente no presente de modo a projetar o futuro, não só do GDA, mas também de Alvaiázere (porque falar do GDA é obrigatoriamente falar de Alvaiázere).

Nesse dia juntaram-se algumas dezenas de amigos, jogadores e dirigentes, contaram-se histórias do passado e imagine- se, tentou-se jogar à bola. Foi um dia bem passado entre amigos do GDA.

Mas o momento alto da festa foi a justa homenagem ao 1º presidente do GDA, de seu nome José Maria Aparício.

José Maria Aparício estabeleceu-se em Alvaiázere em 1978, ocupando o cargo de veterinário municipal. Natural de Alvega, concelho de Abrantes, cedo tornou Alvaiázere na sua terra amada.

Um associativista puro, que dá de si sem pedir nada em troca. E assim, em 1979 torna-se no primeiro presidente do GDA, cargo que ocupa até 1997. Nestes anos o GDA é a principal referência de Alvaiázere no Distrito e na Zona Centro do País, dado que com duas passagens pela 3ª Divisão Nacional de Futebol, desloca-se a terras como Castelo Branco, Santarém, Alcains, Fundão, Ponte de Sôr, Portalegre, Cartaxo, entre outras localidades, onde possivelmente nunca tinham ouvido falar de Alvaiázere e é por este e outros motivos que o GDA se torna no principal “Embaixador” de Alvaiázere.

Foi sob a sua presidência que se iniciaram as famosas camadas jovens que tantos títulos garantiram ao GDA a nível Distrital e que ocuparam centenas de jovens que na altura nada mais tinham para fazer em Alvaiázere senão jogar à bola.

Foi o seu caráter e determinação que impulsionaram o desporto em Alvaiázere. Foi a sua dedicação que tornou possíveis 39 anos de história do GDA.

É uma figura singular da sociedade Alvaiazerense. Por isso foi emocionante ver uma sala cheia de amigos aplaudir aquele que, para mim, merecia uma homenagem de âmbito municipal, de modo a perpetuar na sua memória e na da sua família esse momento. Era justo, aliás era mais que justo. Fica a ideia.

Uma palavra para o presidente da direção do GDA e para Fernando Simões. Para o Carlos Trindade uma palavra de gratidão e reconhecimento por tudo o que tem feito (e tem sido muito) em prol do GDA. Não tendo ligações desportivas ao GDA pegou no leme do clube e tem feito um trabalho notável a todos os níveis, parabéns! Ao Fernando Simões por nunca deixar de “amar” o seu GDA, Pelo que fez no passado e continua agora a fazer pelo “seu” GDA é merecedor deste destaque e louvor.

Para terminar desejo a todos os leitores um Santo Natal junto daqueles que mais amam.

Votar é seguro - 30 de Janeiro