PROPRIEDADE: CASA DO CONCELHO DE ALVAIÁZERE
DIRECTOR-ADJUNTO: CARLOS FREIRE RIBEIRO
DIRECTOR: MARIA TEODORA FREIRE GONÇALVES CARDO
DIRECTOR-ADJUNTO: CARLOS FREIRE RIBEIRO

E que venha 2024

31 de Dezembro de 2023

Hoje não vou escrever sobre a crise política que atravessamos.

Vou escrever sobre a melhor notícia que Alvaiázere teve nos últimos anos e que se prende com a inversão do número de habitantes no nosso Concelho.

Pode parecer coisa pouca mas não é!

Alvaiázere foi dos poucos Concelhos a nível Nacional sem contar obviamente com territórios do litoral, a aumentar a população nos últimos dois anos.

Penso ser somente 30 habitante mas não é este número que mais importa. O que mais importa é que pela primeira vez nos últimos 80 anos não perdemos população. E isto demograficamente tem muito significado.

É o inverter de uma curva que se tornava praticamente irreversível e que em poucos anos levaria a que a nossa população fosse muito pouca.

A entrada de muita população estrangeira que vê no nosso Concelho atracções e serviços que lhes permitem usufruir das nossas potencialidades e nível de vida por um lado e o êxodo citadino devido ao elevado e insuportável custo de vida por outro, penso serem os dois factores essenciais para este aumentar de população.

Chegámos a ser cerca de 15.000 em 1940 para sermos pouco mais de 6.200 em 2021 segundo os dados dos censos referentes a cada ano.

Perdíamos cerca de 10% da população a cada década sendo que a maior perda se dá entre os anos de 1960 e 1970 com a diminuição de 2.000 habitantes.

Agora é importante fixar esta população e proporcionar a entrada de muitos mais. Para isto é essencial que as empresas que recentemente foram criadas maximizam os seus investimentos criando mais postos de trabalho e que sejam criadas zonas habitacionais ou então medidas que promovam a recuperação das habitações existentes de modo a tornar Alvaiázere ainda mais atractiva.

Já aqui referi que projectos como o do armazém das cinco vilas em Maças de Dona Maria têm de se replicar e apoiar, pois promovem a recuperação do património edificado e tornam os centros urbanos mais atractivos para se viver.

Segundo sei, é intenção do executivo Municipal avançar com um regulamento que vai promover a construção de habitações em terrenos do Município possibilitando assim a fixação de jovens casais que não teriam outra hipótese de construir a sua habitação. Se assim for é uma excelente medida que terá resultados imediatos no tecido sócio/económico do Concelho.

Para terminar queria aqui deixar uma Homenagem a um bom Amigo que faleceu esta semana. Falo do Sr. Artur Pedrosa. Empresário de sucesso, ex Deputado Municipal e grande impulsionador da tradição equestre em Alvaiázere deixa-nos de forma trágica e deixa também Alvaiázere mais pobre. Eu perdi um enorme Amigo que me deixa muitas saudades. À sua família em especial aos filhos Miguel e Artur um enorme e sentido abraço.

Que o ano de 2024 decorra de acordo com a Vossas expectativas e desejos.

Um abraço