PROPRIEDADE: CASA DO CONCELHO DE ALVAIÁZERE
DIRECTOR-ADJUNTO: CARLOS FREIRE RIBEIRO
DIRECTOR: MARIA TEODORA FREIRE GONÇALVES CARDO
DIRECTOR-ADJUNTO: CARLOS FREIRE RIBEIRO

Votar é seguro - 30 de Janeiro

Imprevisibilidade

30 de Novembro de 2021

Editorial

A imprevisibilidade faz parte da vida, pois nunca sabemos quando continua ou acaba, assim como as notícias e os acontecimentos que lhes estão na origem, surgem quando menos se espera, ou seja, também não tem hora marcada. E na dinâmica de se fazerem chegar as notícias, nem sempre é fácil de as colocar numa edição com hora marcada, especialmente em diários, semanários, sendo este aspeto atenuado nos jornais com um espaçamento maior como é o caso do nosso que é mensal, mas que por outro lado arrasta perda de atualidade. No entanto existem outros conteúdos nos jornais previsíveis, como entrevistas e reportagens programadas, e especialmente a publicidade de serviços e estabelecimentos comerciais e de eventos, esses sim com datas marcadas e com necessidade de programações antecipadas. E vem isto a propósito de no fecho do jornal surgir uma publicidade, sem aviso prévio, de página inteira de um evento concelhio, que foi aceite dado o interesse de informar os nossos leitores e a população em geral, atempadamente, e naturalmente também por questões económicas do jornal. Mas esta imprevisibilidade gerou um trabalho acrescido, num jornal, que sobrevive, por existir só uma funcionária e pela direção e todos os colaboradores trabalharem voluntariamente, com espírito de missão de fazer sempre mais e melhor para agradar aos nossos anunciantes e leitores, sendo o seu apoio e reconhecimento a melhor compensação que podemos desejar.

Imprevisibilidade continua, em diferentes pontos do global, nas crises dos refugiados, atentados aos direitos humanos, desastres ambientais, com os seus impactos, gerando tensões e desequilíbrios.

A nova vaga pandémica continua a descomandar a vida, num ambiente de grande imprevisibilidade, e mais uma vez, especialistas de várias áreas anunciam a inevitabilidade de cenários de grande crise no futuro e de riscos pandémicos.

Na conjuntura atual, imprevisibilidade também nas consequências do evento FICA, Festival de Inverno do Concelho de Alvaiázere.

Apesar de tudo, o meu desejo sincero e de esperança no melhor Natal possível, em família, para todos os colaboradores, leitores, anunciantes, alvaiazerenses residentes e espalhados pelo mundo, e que sejamos capazes de gerir, com sabedoria, as crises e riscos que cada vez mais ameaçam a equidade e a coesão social, sendo hábeis e solidários em encontrar respostas nestes tempos de emergência, que levem a um promissor Ano de 2022 para todos.

Votar é seguro - 30 de Janeiro