PROPRIEDADE: CASA DO CONCELHO DE ALVAIÁZERE
DIRECTOR-ADJUNTO: CARLOS FREIRE RIBEIRO
DIRECTOR: MARIA TEODORA FREIRE GONÇALVES CARDO
DIRECTOR-ADJUNTO: CARLOS FREIRE RIBEIRO

Votar é seguro - 30 de Janeiro

Teodora Cardo

31 de Janeiro de 2021

Infelizmente o cenário de 2021 não será diferente de 2020, apesar da ténue esperança que representam as vacinas. Vivemos tempos muito difíceis e amargurados que se agudizam dia para dia com os resultados da pandemia.

Temos que ser cada vez mais assertivos e responsáveis cumprindo as regras com rigor para a segurança de todos. Tempos de solidão que felizmente podem ser ultrapassados online, que nos possibilita a partilha de experiências criativas, artísticas, científicas e ambientais.

Apesar de todas as comodidades, as amarras da pandemia, roubam-nos a liberdade.

25 de Janeiro de 2021

O século XXI, que estamos a viver, tem sido, simultaneamente, um século de factos positivos e de outros que muito nos têm atormentado, como os que estamos a viver desde o passado mês de março.

Relativamente à emancipação e afirmação das Mulheres, de forma galopante, têm-se diluído muitas fronteiras que relegavam as mulheres para segundos planos, até na divisão técnica do trabalho, em que, frequentemente, se ouvia, despudoradamente, dizer: “isso não é trabalho para mulheres!

30 de Novembro de 2020

Apesar da pandemia o nosso jornal reflete também a paleta de cores do outono, em que a natureza substitui as suas vestes verdes por outras roupagens policromáticas. É nesta estação do ano que podemos contemplar o processo de transmutação que facilita a renovação dos ciclos de vida.

31 de Outubro de 2020

A edição do nosso jornal deste mês de outubro, como compete a um jornal regional, revela aos seus leitores a realidade no nosso concelho em todos os campos desde o económico, social educacional e cultural.

A nível económico, dado o impacto que teve e irá ter a empresa BGW.S.A. (Bio Green Woods), com a sua implantação na área empresarial de Rego da Murta procurámos, com imparcialidade, ouvir as forças vivas da freguesia e uma cidadã, assim como o presidente da empresa, para obtenção de esclarecimentos sobre esta.

30 de Setembro de 2020

E tudo mudou, porém a maré de incertezas que nos invade não nos impede de lançar a âncora procurando oportunidades nas diversas situações da vida sempre à procura de melhor qualidade de vida. Experienciar desafios ambientais e culturais diferenciadores, participando em percursos de espaços, que nos levem à criação de cenários e que nos envolvam numa convergência para o plano artístico com destaque para a descoberta do património natural e cultural numa descoberta da vida que desperte os sentidos e nos acorde deste adormecimento que a pandemia nos provocou atrofiando a mente e o espirito.

31 de Agosto de 2020

Mais uma vez o nosso jornal é o reflexo destes tempos de pandemia que tardam a largarnos, no entanto não podíamos deixar de registar o testemunho das alternativas encontradas para as tradicionais festas e arraias que por todo o concelho traziam alegria à população neste mês de agosto e também dinâmica à economia local. É gratificante verificar a criatividade e o esforço feito por todas as Paróquias de as festejar. Em todas ressalta uma vivência mais genuína da fé, marcadas por mais simplicidade e de grande significado.

31 de Julho de 2020

Logo que assumi a direção do nosso jornal, idealizei uma rúbrica com recolha de testemunhos da diáspora alvaiazerense, espalhada pelos quatro cantos do mundo.

Um sonho concretizado nesta edição de julho com a primeira viagem rumo a Paris onde damos a conhecer o percurso distinto de José Furtado Dinis.

30 de Junho de 2020

O nosso jornal, neste mês de junho, tal como a sociedade liberta-se um pouco das amarras da pandemia e reflete o desconfinamento e a retoma gradual e cautelosa do regresso de uma vida mais ativa, claro em formatos muito diferentes dos habituais. Os eventos começam a despontar, mas de forma muito singular e diferente como foi a comemoração do dia do concelho, que só podemos acompanhar à distância, no entanto o mote das intervenções oficiais foi ainda a pandemia.

31 de Maio de 2020

No dia dois de maio terminou o estado de emergência e entrou em vigor o estado de calamidade pública que deu início a um plano gradual de desconfinamento com várias fases, regras e recomendações que irão ter continuidade no início do mês de junho. Esperamos, para bem de todos, que tal como no confinamento sejam cumpridas as medidas veiculadas pelo governo, para que todo o esforço e grandes dificuldades do confinamento, que tanto mudaram a nossa vida, pelo isolamento das nossas vivências, não tenham sido em vão.

30 de Abril de 2020

Tal como acontece nos noticiários a nível nacional e de todo o mundo o nosso jornal não foge à regra e os assuntos focados dançam à volta da pandemia e envolvem vários setores da sociedade, a educação, a família, a atuação dos vários agentes da proteção civil, e o tecido empresarial do concelho.

Votar é seguro - 30 de Janeiro